Ocorreu um erro neste gadget

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

treino em paint tool sai.

olá! hoje resolvi postar um treino que fiz no paint tool sai, é um programa simples mas eu não domino ainda... ultimamente tenho estado insatisfeito, quero uma arte minha, uma arte. não só mangá quero o desenho como algo tocante... isso deveria me impulsionar a praticar mais, mas quando não consigo o que querome desanimo muito... mas não vou desistir! vou praticar cada vez mais e conseguir a arte que eu quero... alias uma arte parecida, por que acho que nunca estarei satisfeito.

bem.. ai está o treino espero que gostem.

domingo, 11 de dezembro de 2011

Aprendendo.

olá! este post, é mais pra quem me acompanha.
Com o lançamento da revista nacional de mangás ação magazine, muitos novatos viram uma esperança de publicarem seus trabalhos em solo nacional, a aposta da revista é fazer um mangá com conteúdo da cultura de nosso pais, o que é louvável, mas vejo que os antigos companheiros de  D&P estão desnorteados, o amigo Yuri Kroth resolveu sumir, deletando tudo que estava no seu blog o RoB, eu entendo que pode até ser motivos pessoais, mas só sumir assim não é legal, ele tinha leitores eu era um deles, ele podia ter dado explicações melhores e tal, mas isso é com ele. mas eu digo uma coisa, eu posso até sumir deste blog, mas com certeza vou dar uma explicação coerente, afinal, mesmo não tendo muitos leitores fiéis, eu sei que existem pessoas que leem.
bem, eu estou naquele passo, desenhando muito, com varias idéias e com muita vontade, ultimamente tenho notado que depois da ação os desenhistas resolveram fazer suas historias com temas nacionais, até ai tudo bem, mas o mangá que faz sucesso não é nacional, não é sobre a joana que quer se casar com um índio e nem sobre o pedro que quer ser jogador de futebol, é o mangá que traz características originais independente do tema que aborde e aquele que traz as características técnicas bem feitas. resumindo é o mangá feito por profissionais. então você que quer ser um quadrinista profissional coloque na sua cabeça que o que você precisa é crescer e aprender com o publico, se você tem um certo publico e o abandona você só prova ser um bebê chorão. um brasileiro pode sim fazer um mangá que aborde temas orientais, desde que ele trate a obra com qualidade e profissionalismo, e de forma a gradar o publico, se escrever sobre algo fora da sua nacionalidade não fizesse sucesso o desenho animado Avatar a leda de Aang não teria feito. O que faz sucesso é a obra de qualidade, se não tem qualidade não importa sobre o que fala, não fará sucesso.


como um bônus, apos o recado venho trazer uns exercícios no photoshop, que eu não domino ainda.


desenho ainda não finalizado.
estudo a partir da minha própria mão.

Naruto, algo alem do que um narutard conhece.

claramente afim de melhorar a popularidade deste blog venho a falar de Naruto, uma obra do mangaká Masashi Kishimoto, Naruto sem duvida foi um marco na historia do mangá shounem, algo que inovou conceitos, e conservou a antiga formula do shounem, porrada.
 Naruto começou a ser serializado na jump semanal, (almanaque de mangás publicado no japão) em 1999, eu tinha 6 anos nesta época e não conhecia a obra. O enredo abordando ninjas inovou este personagem, dando a ele características provenientes da evolução da cultura pop do japão, o que agradou ao publico e trouxe o sucesso a esta obra.
Naruto galgou sua popularidade por conter a inovação, algo novo traz curiosidade, e automaticamente interesse do publico.
mas antes disso, existiu a parte em que Kishimoto, um mangaká (desenhista de mangá) novato, lutava para conseguir seu espaço na revista shounem jump. ele produziu em 1990 o one-shot (historia piloto) de Naruto e enviou para a revista, a obra recebeu bons resultados na pesquisa de leitores, mas Kishimoto não quis iniciar tal obra por julgar que o traço estava ruim e a historia uma bagunça, mas na verdade ele estava trabalhando no premiado mangá Karakuri com o qual competiu no hop step award, quando ele ficou insatisfeito com as mudanças da historia começou a fazer algo novo, que é o Naruto que conhecemos.
 Muitos abilolados criticam negativamente o mangá  Naruto, alegando ser modinha, acontece que ai está provado o que uma obra precisa ter, agradar o maior numero de pessoas possível, a não ser que a obra seja cult. Naruto só prova o talento de Masashi Kishimoto, que trabalha arduamente para conseguir fazer um marco tão grande na história do mangá mundial.